Pets na cerimônia



A presença de qualquer animalzinho de estimação deixa o momento mais leve e divertido, ainda mais em uma data como o casamento. Eles podem entrar na igreja levando plaquinhas temáticas, carregar a caixinha com as alianças e, até mesmo, acompanhar a noiva ao altar. Mas apesar de ser algo tão requisitado hoje em dia, inserir um cachorro na cerimônia requer planejamento e muita organização. Veja a seguir dicas da diretora do Buffet Recanto dos Sonhos, Vânia Garcia, para inserir os seus pets no seu casamento da forma mais harmoniosa possível.

 

1- Cães a partir de um ano e meio já são mais maduros para lidar com o excesso de pessoas e de interação;

2- A maioria das igrejas não permitem a entrada de animais mas cerimônias realizadas em buffets geralmente autorizam essa inovação;

3- Dá para vestí-lo com uma roupa temática, mas apenas se já estiver habituado a usar vestimentas;

4- Lidar com o animal pode ser tão surpreendente quanto lidar com uma criança, então seja paciente e esteja preparado para imprevistos;

5- Aproveite para incluí-lo no ensaio de fotos pré-casamento, dando assim um toque especial para o seu álbum de fotos;

E não se esqueça de priorizar sempre o conforto e a segurança do seu pet, suprindo suas necessidades básicas e cuidando para que ele não se machuque (é possível contratar alguém somente para essa função).