Um pai emocionado à sua espera

Um pai emocionado à sua espera



Em homenagem ao Dia das Pais, noivas da Chácara & Buffet Recanto dos Sonhos contam histórias marcantes ao lado de seus melhores amigos  

 

Ele é o primeiro a te ver vestida de noiva e aquele que te conduz e acalma no trajeto até à cerimônia. Você, deslumbrante, caminha ao lado do seu herói, melhor amigo e porto seguro, até ao altar, onde tem a sua cara-metade à espera. Essa cena é tão marcante para a filha, como é ao pai, que naquele momento é bombardeado por um turbilhão de sentimentos. Seja a sensação de dever cumprido até um filme nostálgico passando em sua mente, mas de uma coisa sabemos, à sua contribuição na vida da filha não acaba por ali. 

O pai é o alicerce, é a quem recorremos em situações de apuros, mas é com ele também que queremos comemorar quando temos as nossas conquistas. Mesmo que ainda não esteja mais entre nós, a figura paterna é tão importante por nos ter moldado para a vida e ter sido o responsável por passar os princípios que levamos conosco por essa jornada. 

É por isso que em uma homenagem ao Dia dos Pais, as noivas da Chácara & Buffet Recanto dos Sonhos dividiram histórias de como foi mágico serem levadas ao altar por seus papais no momento mais marcante de suas vidas. 

 

Pai engajado 

 

 

Que as mães dos noivos amam participar e planejar os detalhes da cerimônia dos filhos todo mundo já sabe, mas o que pouca gente sabe é que muitos pais também adoram ajudar a garantir que tudo saia incrível, assim aconteceu com a noiva Cristiane Balestrin, que se casou na Chácara & Buffet Recanto dos Sonhos e contou com a ajuda de seu pai, Marcos Balestrin, na escolha do buffet.  

“A reação do meu pai quando soube que eu ia casar foi de muita emoção, ele até chorou quando o meu marido foi pedir minha mão em casamento. Sempre que pode ele nos dá conselhos para termos um casamento feliz como o dele e de minha mãe, que já estão juntos há 43 anos!”, relembra, Cristiane.  

 

Pai biológico e pai afetivo 

Seja o pai biológico ou afetivo, a sua importância na cerimônia tem igual peso. A recém-casada Isadora Martines teve a grande sorte em sua vida de ter tido duas figuras paternas, o pai e o padrasto e para homenageá-los optou por uma cerimônia nada convencional, arrancou sorrisos fraternos de seus convidados ao entrar ladeada por seu pai Rodinei Martines e por seu padrasto Sidney Strazzi. Essa foi a forma que ela encontrou de agradecê-los.  

“Logo que eu marquei o meu casamento decidi que, juntos, eles me levariam até o altar. O meu padrasto sempre fez muito por mim, mas nunca tentou substituir o lugar do meu pai de verdade. Ele é uma figura paterna muito grande e influente na minha vida e colocá-lo ao lado do meu pai neste momento tão importante, foi uma forma de retribuir todos esses anos de apoio”, emociona-se.  

 

Sogro: mais um pai para a vida  

 

Já a consultora de marketing Juliana Aguilar, escolheu ser levada ao altar pelos dois homens a quem mais admira: o seu pai, Claudomiro Domingues do Santos e o sogro, Nelson Figueira. Juliana relembra que tomou essa iniciativa porque acredita que no momento em que nos casamos, os pais da noiva passam a ser pais do noivo também e assim consecutivamente. “Escolhi entrar com eles pois sou tratada como uma filha pelo pai do meu marido e acredito que o casamento representa a união não apenas do casal, mas também das famílias.”, confirma.  

“O casamento é início de uma nova vida, é quando os filhos começam a criar as suas próprias asas e dão início a uma família. Essa fase costuma fortalecer os laços entre pai e filha, aquele sentimento e admiração incrível que um tem pelo outro, só tende a aumentar após o casamento”, finaliza a diretora da Chácara & Buffet Recanto dos Sonhos, Vânia Figueira. 


Seja bem vindo ao Recanto dos Sonhos

Agora está na hora de marcar uma visita para conhecer o Recanto de perto!